segunda-feira, 13 de março de 2017

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

segunda-feira, 14 de abril de 2014

sexta-feira, 27 de abril de 2012

"o Rio que Vidal vê" 
 exposição do Pintor Sergio Vidal 
na galeria da arte SALA DJANIRA


 
do espaço cultural do ceperj
 de 09 à 31 de maio de 2012
av. Carlos Peixoto, 54
  Botafogo
em frente ao Rio Sul
 
abertura: dia 09 às 18h
visitação
de segunda à sexta
das 10 às 18h
                                                


 
 




às terças e as quintas das 12 às 17 h 
o Pintor Sérgio Vidal
               estará promovendo
 Rodas de Conversa Sobre Arte



conheça o histórico do
Pintor Sérgio Vidal
clicando, ao lado, nas 
paginas correspondentes

contato com o Pintor:

tel: 21 24170238
      21 88544655



 



quinta-feira, 17 de junho de 2010

NÃO CUSTA NADA LEMBRAR

.
Todos nós sabemos, mas não custa nada lembrar, que a qualidade de vida de uma população é igual a soma da qualidade intelecto-moral de todos os membros desta população. Visto desta forma podemos concluir que os desafios que enfrentamos no nosso cotidiano, não somente no Rio de Janeiro, é fruto da deficiente atenção que temos oferecido na construção de pessoas interessadas em desenvolverem-se moralmente. Damos maior atenção ao desenvolvimento intelectual. Precisamos ganhar mais.
Para atender os apelos da industria do prazer sacrificamos as leis naturais e os princípios de comportamento saudável, ou seja não damos importância a ética do caráter. Nossos profissionais e as lideranças, que deveriam dar exemplos de bons hábitos, desempenham suas funções visando apenas os seus direitos, esquecem-se dos seus deveres, influenciando desta forma na construção de uma juventude desorientada, carente e confusa, que naturalmente vai procurar as soluções para suas necessidade de maneira equivocada, desarmonizando a família, a comunidade, a cidade, o pais e até a humanidade.
A meu ver reeducar a sociedade fica muito difícil. Temos tendência a cultuar carinhosamente os nossos hábitos, mesmo que saibamos que alguns deles não são muito saudáveis. Irmano-me com aqueles que sugerem uma reforma na educação da ética do caráter, a partir da vida intra uterina, apostando que nas próximas gerações possamos ter cidadãos que curtam viver em harmonia com o universo
Eu acho que todo mundo sabe disso, mas não custa nada lembrar. ..


Sérgio Vidal